remarketing para e-commerce

Saiba como usar a estratégia de remarketing para ecommerce!

O setor de lojas virtuais é cada vez mais competitivo, por isso empresas lutam tanto para conquistar todas as pessoas que entram em contato com sua marca ou visitam seu site.

Quem se destaca, portanto, é quem vai além do básico e trabalha com foco em otimizar conversões. Nesse sentido, o remarketing para e-commerce é uma das estratégias mais eficientes.

Mas como exatamente ele funciona? Como adotar? Neste artigo, vamos introduzir esse método crucial para vender mais e com mais frequência. Confira!

O que é remarketing para e-commerce?

Se paramos para analisar, a própria palavra remarketing não era tão utilizada pouco tempo atrás. É um conceito popularizado dentro do e-commerce pelas particularidades do relacionamento entre lojas virtuais e leads pesquisando para uma compra.

E o termo mesmo dá uma dica sobre o que significa. Remarketing é fazer marketing de novo. Nesse caso, é usar técnicas, ferramentas e estratégias para atingir um público especial da sua loja: as pessoas que entram em contato com ela, visitam, demonstram interesse, mas não completam sua jornada.

Geralmente, o método está relacionado à automação. Em sistemas integrados e plataformas especializadas, é possível identificar essas pessoas e disparar conteúdos exclusivos que os convençam a voltar.

Mas por que investir em remarketing para e-commerce? A resposta está diretamente ligada a um indicador específico: o Custo de Aquisição de Cliente, ou CAC.

Se você já trabalha no setor há algum tempo, deve ter percebido como é sempre muito mais fácil e barato atrair quem já conhece a loja do que um novo lead do zero.

Dessa forma, fazer remarketing é uma estratégia para atrair quem está mais perto e tirar mais proveito do seu funil de vendas. Em paralelo a planos de captação, você consegue extrair mais clientes da base que já tem.

Otimização é a palavra-chave. Quem consegue converter mais dentro de um mesmo público precisa gastar menos para vender. Por isso, é hora de ir atrás de todos os leads que você deixou para trás ao longo da jornada.

Como adotar a estratégia na sua loja virtual?

O fato de ser uma estratégia pouco utilizada por muitos profissionais no setor de e-commerce poderia sugerir que ela é difícil ou cara.

Pelo contrário. Fazer remarketing é simples e dá certo. A seguir, vamos listar os passos fundamentais para começar.

Busque mais informações sobre esses leads perdidos

Como todo planejamento para e-commerce, a direção comercial precisa apostar sempre na coleta e análise de dados. É nas informações sobre seu público que estão as respostas para a maioria de seus problemas.

Nesse caso, o ideal é primeiro mapear os pontos com maior incidência de rejeição. Em que ponto da jornada seu consumidor interrompe o contato com a sua loja?

Assim que entra no site? Durante a navegação na página do produto? No momento do pagamento? Com esses dados em mãos, você consegue não só utilizar os pontos certos na sua campanha de remarketing como utilizá-los para aprimorar a experiência do seu e-commerce.

Faça uma investigação sobre o abandono de carrinhos

De todos os pontos em que uma loja virtual perde seu lead, o abandono de carrinho é com certeza o mais significativo. Isso porque significa um consumidor em potencial que se interessou por sua marca gostou do preço, decidiu pela compra, mas não concluiu o processo.

ebook como montar uma empresa de sucessoPowered by Rock Convert

Esses leads merecem uma atenção especial. Entender a razão do abandono permite que você use o argumento certo para trazê-lo de volta. O remarketing é muito sobre compensar pontos de ruptura e reconquistar.

Invista em campanhas de Ads exclusivas

É possível utilizar cookies na internet para identificar usuários que já entraram na sua loja e apresentar ads específicos voltados para esse público.

Para isso, é interessante criar campanhas específicas, que falem com quem já conhece sua marca, mas ainda não comprou no seu e-commerce. Quando feitos sob medida, têm uma incidência de cliques e de recuperação de leads muito maior do que propagandas mais gerais.

Ofereça condições especiais

Voltando ao ponto de compensar o que fez seu lead desistir, que tal um incentivo para fazê-lo voltar? Muitas pessoas desistem de uma compra por muito pouco.

Oferecer descontos e condições especiais pode ser o empurrão que falta para que ela tome essa decisão a seu favor — além de ajudar na fidelização.

Use Inbound Marketing como apoio

Outra razão comum de desistências é a falta de informações sobre um produto ou sobre o processo de compra. Para e-commerce, a melhor saída é educar seu lead.

O Inbound Marketing é basicamente sobre informar enquanto atrai pessoas para sua marca. Você pode aproveitar a campanha já existente para produzir material especial que aborde os pontos levantados sobre desistências na sua loja.

Invista muito em E-mail Marketing e automação

Se estamos falando de abandono de carrinho e remarketing, o e-mail é o canal perfeito para executar sua nova estratégia.

Geralmente, o endereço eletrônico é uma informação que você já tem dessas pessoas — afinal, são leads que não completaram uma compra. Com ele, é possível disparar automaticamente conteúdo específico para essas situações: abandono de carrinho, saída de uma página, entre outras.

O e-mail será o veículo automatizado para entregar o conteúdo que citamos nos tópicos acima diretamente para sua persona. Com os argumentos certos e uma frequência bem pensada, com o tempo você atrai essas pessoas de volta.

Fique de olho nos resultados

Para aprimorar sempre sua estratégia de remarketing, você vai precisar monitorar indicadores. O CAC, como dissemos, é um deles. Mas não é o único.

Taxa de rejeição na página, taxa de abandono de carrinho, tempo de permanência, pontos da jornada em que há mais desistências, tudo isso pode ser medido.

Aí, é só alinhar os números com contexto para entender o que deve ser melhorado — tanto na própria loja como na sua abordagem de relacionamento.

Por que começar agora?

Depois da pandemia de Covid-19, estamos vendo uma explosão de novos negócios no setor de e-commerce. É um evento que está apenas acelerando o inevitável: o crescimento da competitividade entre lojas virtuais no mercado.

Por isso estratégias assim são tão importantes. Elas dão mais fôlego, eficiência e flexibilidade para a sua busca por novos clientes.

O remarketing para e-commerce é uma segunda chance para cada lead que você perde. Uma segunda chance de conquistar, qualificar e vender. É extrair o máximo de retorno de todo o seu esforço até agora.

E aí, gostou da nossa conversa? Então continue o assunto, compartilhando este post nas suas redes sociais!

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.