Receba conteúdos e novidades da iugu

Investir em conhecimento nunca é demais, não é mesmo? Por isso, é preciso manter a leitura em dia para conseguir melhores resultados para a sua empresa. Nesse sentido, existem diversos livros de gestão financeira que podem ajudar.

O hábito de ler todos os dias é extremamente benéfico, não só para o seu negócio, mas para a sua carreira e a sua vida pessoal. Afinal, existem materiais de diversos formatos e temáticas que contribuem para o aprimoramento das suas habilidades.

No que tange ao profissional, esse hábito é essencial para facilitar o dia a dia. Além disso, por meio da leitura você poderá aprender novas práticas e metodologias que trarão um diferencial para o seu negócio.

Portanto, trazemos neste post sete indicações de livros que são praticamente obrigatórios para quem lida com finanças em sua profissão. Então, acompanhe até o final e boa leitura!

1. Quem pensa enriquece — Napoleon Hill

A primeira indicação da nossa lista é o resultado de quase 20 anos de pesquisa de um assessor de dois presidentes dos Estados Unidos. Napolen Hill foi contemporâneo de importantes figuras da história, como Henry Ford, Thomas Edson, Alexander Grand Bell e Theodore Roosevelt. Sendo assim, ele teve uma excelente fonte de estudos para trabalhar.

Ao longo de sua pesquisa, Hill reuniu 15 características que os grandes milionários de sua época tinham em comum. Em seu livro, ele explica de forma bastante clara quais são as chaves para que o leitor atinja o mesmo sucesso. Ele também é autor de uma frase famosa que diz: “O que a mente do homem pode conceber e acreditar pode ser alcançado.”

2. Saia da crise — W. Edwards Deming

Edwards Deming é um autor fundamental para profissionais que desejam aprender grandes lições sobre administração financeira. Ele desenvolveu uma teoria baseada em 14 pontos da gestão da qualidade. A sua visão diferenciada para a época o tornou o grande protagonista da revolução manufatureira ocorrida no Japão dos anos 1960.

Uma das principais características da perspectiva de Deming está na importância do planejamento para uma gestão financeira eficiente. Segundo ele, os administradores devem ser avaliados em função de planos e não apenas de balanços. Só assim é possível garantir a geração de dividendos, a proteção dos investimentos e o aumento da oferta.

3. A vantagem competitiva das nações — Michael Porter

Michael Porter é um renomado autor da área da administração e tem diversos livros de leitura obrigatória em universidades de todo o mundo. Neste livro em especial, ele explica a influência que é exercida por diversos fatores financeiros, como as taxas de juros e o mercado de ações, na vida profissional e pessoal das pessoas.

Dessa forma, ele cita, de maneira bastante didática, quatro fatores que determinam a competitividade de uma nação. Adicionalmente, ele mostra como esses fatores podem ser adaptados de um jeito fácil à realidade das organizações.

4. Pai rico, pai pobre — Robert T. Kiyosaki

Nesse livro, o empresário e investidor Robert Kiyosaki fala das lições que aprendeu com seu pai, que foi um empresário rico e bem-sucedido que completou apenas o ensino médio. De acordo com ele, esses ensinamentos foram fundamentais para que alcançasse o próprio sucesso e conseguisse acumular sua riqueza.

O best-seller traz uma reflexão controversa aos pensamentos naturais de pessoas mais pobres, tais como a busca de um emprego seguro, o foco nos estudos e a segurança da casa própria. Nele, o autor mostra como a inteligência financeira é um diferencial importante. Uma de suas frases famosas diz que “os pobres e a classe média trabalham pelo dinheiro, os ricos fazem o dinheiro trabalhar por eles”.

5. Princípios da administração financeira — Lawrence J. Gitman

Esse é mais uma indicação da linha didática de conteúdos. Afinal, nesse livro o autor traz explicações bastante detalhadas e facilitadas sobre os principais conceitos referentes à administração financeira.

Portanto, diversas questões abordadas no dia a dia pela televisão e os jornais, tais como as informações sobre as taxas de juros, os investimentos em mercado de ações e as métricas financeiras, são tratadas com didática e simplicidade.

O livro já está em sua 10.ª edição, e a cada capítulo traz aplicações práticas dos conceitos, ou seja, mostra como eles acontecem no cotidiano de pessoas e empresas.

6. A estratégia do oceano azul — W. Chan Kim e Renée Mauborgne

Nesse livro, os autores trazem uma abordagem específica para as pessoas que pretender empreender, mas ainda não sabem por onde começar. Kim e Mauborgne abordam uma forma de entrada no mercado que chamam de “estratégia do oceano azul”.

Os autores definem o oceano azul como um nicho pouco explorado. Desse modo, a concorrência é muito menor, e as possibilidades de inovação e aproveitamento são bem mais amplas. Ou seja, é um modo mais fácil de começar a vender.

Por outro lado, o que eles chamam de oceano vermelho seriam os mercados já consolidados e repletos de empreendimentos sólidos. Com isso, além de concorrer com mais empresas, ainda existe o risco de não conseguir fazer com que as pessoas deixem de comprar com elas para comprar com você.

Para a elaboração desse material, os autores estudaram 150 empresas que venceram ou fracassaram em suas empreitadas. Assim, eles buscaram entender o que foi feito por ambos os grupos que culminou nesses resultados.

Um dos principais ensinamentos trazidos pelo livro é que você não deve concorrer com seus rivais, mas torná-los irrelevantes.

7. Os axiomas de Zurique — Max Gunther

Nossa última indicação é mais voltada para as pessoas que pretendem ou já se aventuram pelo mercado de capitais. Trata-se de uma obra clássica elaborada por Gunther com base na história de inúmeros banqueiros suíços que fizeram fortuna e expandiram seus negócios para outros países.

Nele, o autor aborda 28 axiomas, que são verdades inquestionáveis, a respeito do mundo dos investimentos. Destes, 12 são considerados principais, e o restante são secundários. Todos eles ajudam os profissionais da área a evitar erros graves e comuns.

Agora, que você já tem as indicações de livros de gestão financeira, basta adquiri-los e dar início à jornada do conhecimento que eles proporcionarão. É importante ressaltar que você deve reservar um tempo por dia para a leitura, em ambiente calmo e confortável. Assim, conseguirá aproveitar a experiência ao máximo.

Gostou deste post? Tem alguma sugestão além das que demos aqui? Então, deixe o seu comentário abaixo e compartilhe conosco!

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio
Painel de controleContato comercialSeja um parceiro
Produto
CobrançasMarketplacePlanos
Informações
DocumentaçãoCentral do desenvolvedorAjuda e suporteBlogStatus do serviço
closefacebook-squarelinkedin-squaretwitterbarsinstagram