diferenças entre e-commerce e marketplace

Diferenças entre e-commerce e marketplace: saiba quais são para escolher o negócio que mais combine com você! 

Muita gente deseja empreender pela Internet por se tratar de um ambiente favorável a quem quer trabalhar remotamente, por exemplo. Neste contexto, para escolher o melhor formato de negócio, surgem algumas dúvidas. Saber quais são as diferenças entre e-commerce e marketplace é uma delas. 

O crescimento das vendas online já não é segredo para ninguém. Só para você ter uma ideia, apesar da economia de 2019 ter sido retomada de forma lenta, as compras feitas pela Internet no primeiro semestre deste ano registraram um crescimento de 23%, atingindo impressionantes R$ 17 bilhões, de acordo pesquisa. 

Um dos fatores que explicam esse elevado número é o fato do comportamento do consumidor ter mudado. Em busca de facilidade, conforto e melhores preços, o brasileiro tem optado por realizar suas compras pela internet. 

Segundo levantamento do NZN Intelligence, em 2019, 74% dos consumidores elegeram a modalidade online como sua preferida no momento da compra, colocando, em segundo plano, as lojas físicas. 

Nesse cenário, alguns eventos específicos do ano impulsionam ainda mais essas vendas, como é o caso da Black Friday. 

diferenças entre e-commerce e marketplace

Crédito: Globalad

Toda essa quantia relacionada à compra online é direcionada, em sua maioria, para os sites de marketplace e para as plataformas de e-commerce. No entanto, não é todo mundo que conhece as principais diferenças entre e-commerce e marketplace. Você é um deles? Então, siga com sua leitura e descubra quais são elas! 

Entenda os conceitos de e-commerce e de marketplace 

Antes de saber quais são as diferenças entre e-commerce e marketplace, é preciso entender em que se baseiam esses modelos.

O e-commerce nada mais é do que uma loja online tradicional em que uma marca comercializa suas mercadorias virtualmente. Nesse quadro, tanto uma pequena loja virtual como uma gigante do setor de comércio eletrônico, como o Magazine Luiza, são exemplos de e-commerce. 

No e-commerce todo o processo de compra e entrega acontece dentro da plataforma. Sendo assim, a empresa em questão comercializa os itens que façam parte de seu nicho e que estejam em estoque próprio. 

O marketplace, por sua vez, é composto por diversas e diferentes lojas virtuais que apresentam mercadorias de diferentes marcas. Logo, um marketplace conta com muitos mais produtos do que um e-commerce. 

De forma simplificada, no marketplace, o cliente compra do dono do varejo mercadorias de outras marcas. Logo, esse modelo de negócios funciona como uma espécie de shopping center virtual. 

Fácil entender essas duas propostas, não é mesmo? Continue lendo para descobrir, agora, quais são as diferenças entre e-commerce e marketplace. 

diferenças entre e-commerce e marketplace

Crédito: Freepik

Quais são as diferenças entre e-commerce e marketplace? 

Confira, agora, quais são as principais diferenças entre e-commerce e marketplace. 

1. Visibilidade

Para quem está iniciando agora, a visibilidade é um assunto bem pertinente. Isso porque alcançar um grande público de compradores em potencial não acontece de uma hora para a outra em um e-commerce. A não ser que você invista muito em marketing, por exemplo. 

O cenário é diferente se optar por vender em um marketplace. Afinal, esse ambiente gera um tráfego de pessoas bastante significativo. Logo, se sua dúvida é ter um site próprio ou fazer parte de um marketplace, para ter visibilidade, a segunda opção é mais atrativa. 

2. Investimento

Começar um e-commerce do zero exige um alto investimento. Afinal, é preciso que sua loja online tenha uma boa infraestrutura. Ou seja, além de pessoal, você terá que contratar diversas soluções, como uma boa plataforma de pagamentos, ferramentas de atendimento ao cliente e também em recursos para garantir o seu sistema logístico. 

Já em um marketplace, esse processo acontece por conta de outra companhia. Ou seja, a responsabilidade da infraestrutura fica sob responsabilidade dela, não sua. 

3. Lucro

Nesse contexto, tanto um site próprio como um marketplace podem apresentar lucro. Dessa forma, é preciso realizar uma análise. Isso porque, pelo e-commerce, o lucro só pertence a você. No entanto, atingir um elevado volume de vendas leva um certo tempo.

Enquanto isso, é possível vender mais ao fazer parte de um marketplace. Porém, é preciso pagar uma taxa de comissão referente a cada venda realizada. 

4. Segurança

Assegurar a segurança da informação em um e-commerce representa uma enorme responsabilidade, tendo em vista que as tentativas de fraudes não são poucas. 

Sendo assim, para não prejuízo financeiro ou manchar sua reputação no mercado, é essencial investir em sistemas antifraude que protegem todas as suas operações e transações.

Já em um marketplace, é ele que é responsável por garantir essa segurança. 

E-commerce ou marketplace qual escolher?

Agora que já conheceu as diferenças entre esses dois modelos, pode surgir a dúvida: e-commerce ou marketplace, qual escolher?

Esse processo é bastante pessoal. Isso porque, ao optar por fazer parte de um marketplace, muitas ações importantes, como segurança, investimento e visibilidade pesam e não dependem de você. 

Logo, um marketplace pode parecer a melhor opção. Por outro lado, quem tem um sonho de ter um negócio próprio deseja também independência, uma questão em destaque do modelo de e-commerce. 

Sendo assim, você precisa analisar essas variáveis com profundidade e verificar se elas se alinham com seus objetivos. 

Independentemente de qual seja sua escolha, é dever tanto de um site próprio como de um marketplace, apresentar um bom sistema de pagamento, que garanta a segurança das transações, ofereça diversos métodos de pagamento e que o proteja contra fraudes.

Para isso, existe a iugu, uma empresa especializada em pagamentos, pioneira no segmento. Apresentando o melhor custo-benefício do mercado, a iugu pode fazer maravilhas para o seu negócio. Duvida? Então, clique aqui e converse, sem compromisso, com um dos especialistas da iugu.

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.