Saiba sobre o OKR no planejamento orçamentário de negócios recorrentes

Muito se fala em resultados e performances de uma empresa, mas até que eles sejam alcançados de forma satisfatória, há um longo caminho de planejamento e medição a ser percorrido — são desafios diários que podem ser otimizados por ferramentas como o OKR.

Negócios recorrentes carecem de atenção especial, pois dependem de clientes com lifetime prolongado para manter o equilíbrio financeiro e orçamentário em médio e longo prazo. Se você faz parte de uma empresa inovadora e sempre atenta às novidades de gestão, deve conhecer o método OKR e todo o bem que ele pode oferecer a um negócio. 

Continue a leitura e saiba também como estruturar sua companhia utilizado o OKR para garantir eficiência e visibilidade mercadológica!

Qual é o conceito de OKR?

O OKR — ou objectives and key results — é uma metodologia de gestão criada para tornar mais simples e práticos os objetivos centrais da empresa. O método nasceu na Intel, idealizado por Andrew Grove, ex-CEO da companhia.

A junção de objetivos e métricas refletem as ações previstas em um planejamento, por isso, é preciso cuidado ao implementar os OKRs. A empresa deve alinhar as ideias e desenvolver uma nova cultura devagar, envolvendo a todo o time de forma gradativa e harmoniosa.

Uma mudança brusca pode provocar rupturas em vez de adesões — se o foco é agregar valor à empresa e escalar o negócio de maneira consistente, os primeiros passos devem começar de dentro para fora.

O ideal é que sejam aplicados objetivos curtos, de fácil aplicação e resultados mais rápidos, para só então planejar algo maior, ou seja, quando toda a empresa já estiver mais bem familiarizada com o método e preparada para voos mais ousados.

Quais são os objetivos do OKR?

Uma empresa sem objetivos pode ter um bom e lucrativo negócio, mas corre o risco de se perder depois de alcançar determinado patamar de mercado. É importante saber aonde se deseja chegar e qual é, realmente, o lugar almejado no cenário mercadológico.

Sendo assim, traçar metas justifica todas as ações de engajamento e colaboração de um time que, quando enxerga claramente as potencialidades do negócio e a viabilidade prática, se comprometem melhor com as atividades do dia a dia.

É isso que o OKR possibilita à gestão — uma visão macro do negócio para direcionar melhor os processos micros e ter bons resultados. Os objetivos de um negócio recorrente vão além de um excelente atendimento aos serviços de qualidade.

Por tratar-se de um negócio que depende da manutenção de contas e adimplência dos clientes para sustentar a base orçamentária, escalar as vendas e ser autoridade no mercado são objetivos relevantes para compor a aplicação do OKR.

Em empresas onde o atendimento ao cliente é realizado pessoalmente, as chances e possibilidades de conversão são maiores — se comparadas com o atendimento virtual. Em uma loja física, o vendedor pode analisar mais facilmente o comportamento do consumidor para uma abordagem mais segura.

Em negócios virtuais por recorrência, o planejamento deve ser mesmo o carro-chefe das operações. Escalar vendas sem compreender os motivos de preferência dos clientes, e como trabalhar a satisfação contínua, pode comprometer o referenciamento da empresa e abrir oportunidade para a concorrência.

ebook como montar uma empresa de sucessoPowered by Rock Convert

Investir dinheiro e obter consecutivos retornos positivos deve deixar a gestão satisfeita, mas não o suficiente para abandonar as práticas de mensuração dos resultados ou avaliação da percepção do cliente.

Como estruturar essa metodologia em uma empresa?

A aplicação de OKRs serve para direcionar a gestão e promover as mudanças quando necessário. Eles permitem desenhar cada objetivo e elencar passo a passo, de forma simplificada, tudo que deve ser feito para atingir a meta com precisão.

O método OKR deve ser estruturado conforme as necessidades de acompanhamento ou revisão dos processos, identificados pela gestão. Alguns aspectos devem ser observados e aplicados no planejamento como estratégia.

Conscientize a equipe sobre a importância

Metodologias como a do OKR não são absorvidas da noite para o dia. É fundamental que a equipe seja envolvida e convidada a participar. Todos na empresa devem ter a mesma percepção do negócio e compreender a importância de concluir um objetivo com êxito.

Defina as métricas que mais contribuem para o negócio

O que será mensurado? A medição é fundamental para apresentar números reais, que servem e comparação ou parâmetro para melhorias. Quando falamos de finanças, faturamento, orçamento e lucro são diversos os pontos a serem observados.

Já citamos o Lifetime, mas outras métricas como receita recorrente mensal e anual, Churn Rate, Growth Rate, Custo de Aquisição do Cliente, por exemplo, podem e devem utilizadas juntas ou separadas, de acordo com o momento atual da empresa.

Intensifique o OKR para todas as equipes da empresa

A proposta de estabelecer objetivos e executar o passo a passo para colher os resultados não deve se deter na gestão. Todas as equipes podem participar ativamente do processo, inclusive contribuindo com ideias de aplicabilidade.

Nenhuma empresa alcançará a eficiência sem envolver e engajar seus times para que eles sejam multiplicadores das ações. Esteja atento ao aspecto motivacional, pois, quanto mais dispostos estiverem os profissionais da instituição, maior será o reflexo positivo no cliente.

Mesmo em negócios recorrentes é possível oferecer ao cliente uma experiência diferenciada, que pode começar no atendimento e desaguar na oferta de pacotes adicionais ou alteração de um plano.

Uma equipe que entende bem os objetivos da empresa tem um comportamento diferenciado na execução das atividades diárias. Ao se sentir parte do negócio é normal ver um time se comportar como dono e se esforçar mais para que a empresa ganhe notoriedade no mercado.

Incentive a cultura do OKR na empresa

Tudo isso deve fazer parte de uma nova cultura instaurada. Estabelecer novos objetivos sem promover mudanças na forma como a empresa percebe a importância de cada um deles pode retardar o processo de melhorias.

As boas vendas, o equilíbrio da gestão financeira e uma visão de futuro mais ampla são consequência de todo o trabalho desenvolvido nos bastidores. Só quem entende a filosofia e a visão da empresa, vai aderir à cultura e entender o quanto esses pontos são relevantes para ganhar vantagem competitiva no mercado.

O OKR surge, então, como uma fórmula simples e prática, cujo sucesso depende de um trabalho conjunto entre gestão e operação, onde o objetivo é fazer com que todos os objetivos sejam cumpridos na íntegra para fortalecer o negócio e manter um orçamento saudável.

Se você curtiu este post, saiba que mantemos em nosso blog muitos outros conteúdos que colaborarão para o seu conhecimento sobre as diversas aplicações em negócios recorrentes. Que tal assinar a nossa neswletter para receber as nossas atualizações direto na sua caixa de entrada?

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.