O que é e qual a importância do pro rata?

Na hora de contratar uma assinatura ou calcular algo que não foi usado durante todo o mês, o correto é cobrar apenas pelos dias utilizados. Para fazer esse cálculo, é necessário saber o que é pro rata e aplicar o conceito corretamente, evitando até mesmo reclamações do cliente.

Você provavelmente já teve contato com esse tipo de cobrança em algum serviço prestado, sem saber exatamente essa definição. Para entender melhor o que é pro rata, seu cálculo e como ele é aplicado, continue a leitura!

O que é pro rata?

Pro rata é um termo relacionado ao cálculo proporcional, aplicado geralmente na assinatura de serviços ou na cobrança de juros. Esse conceito relaciona-se à ideia de uma parte dividida em frações iguais, e pode ser observada em serviços de telefonia, seguros e no acerto de contas em atraso, apenas para citar alguns exemplos.

O pro rata é amplamente usado no meio trabalhista, financeiro e contábil. Esse conceito também é aplicado no cálculo de investimentos, como na divisão de lucros em uma sociedade na qual os participantes têm direito a diferentes porcentagens dos rendimentos.

Quais são os tipos de pro rata?

Geralmente, há dois tipos de pro rata: o pro rata temporis e o pro rata die. Conheça melhor cada um deles.

Pro rata temporis

O nome desse tipo de cobrança é uma expressão latina, que significa “proporcional ao tempo”. O pro rata temporis faz o cálculo de acordo com o período e é usado em diversas situações, como no pagamento do salário proporcional aos dias de trabalho.

Pro rata die

O pro rata die significa “proporcional ao dia” e é usado na cobrança de juros em valores diários, quando há a cobrança de uma porcentagem ou taxa diária sobre o atraso no pagamento.

Pro rata em juros

Para o cálculo de juros de uma fatura em atraso, é feito o cálculo pro rata do valor proporcional dos dias inadimplentes, de acordo com a taxa determinada em contrato. Esses juros podem ser contabilizados por dia, semana ou mês, como em investimentos com juros anuais.

Pro rata em dividendos

No pagamento dos dividendos para os acionistas, as empresas fazem uma divisão proporcional de acordo com a porcentagem de ações que esses sócios têm. Para isso, também é usado o conceito de pro rata.

Se, por exemplo, a empresa obteve um lucro de R$ 50.000,00 e um acionista tem 50% dos papéis da organização, recebe R$ 25.000,00. Já um segundo acionista, com 10% dos títulos, tem direito a R$ 5.000,00.

Como o pro rata é usado nos planos de assinatura?

A inclusão da cobrança pro rata depende das especificações do contrato. Ou seja, algumas prestadoras de serviço fazem o cálculo integral do valor, mesmo que a solicitação de cancelamento seja realizada antes do vencimento.

Quando as assinaturas contam com um período de “trial”, que oferece dias nos quais o serviço pode ser usado gratuitamente pelo cliente como teste, a cobrança da primeira fatura passa a valer apenas após o final desses dias de teste.

7 livros de gestão financeiraPowered by Rock Convert

A mudança da data para pagamento também altera o valor a ser cobrado. Nesses casos, o cálculo pro rata pode ser aplicado obtendo a taxa relacionada aos dias que serão acrescentados ou reduzidos.

Outra situação em que o pro rata é aplicado é quando há upgrade ou downgrade do plano adquirido. Por exemplo, quando o cliente tem um pacote com determinados benefícios e, no meio do mês, decide adquirir uma assinatura mais cara, o cálculo é feito proporcionalmente aos dias em que esse plano mais caro passou a ser usado pelo assinante.

Como é realizado esse cálculo?

O cálculo do pro rata pode ser feito com a ajuda de uma regra de três simples, na qual relaciona-se a quantidade de dias e o valor referente a esses dias.

Vamos tomar como exemplo o cálculo de um serviço de assinatura com valor de R$ 50 mensais e que foi contratado no dia 20 do mês, com a fatura emitida no dia 30. Nesse caso, o valor será cobrado apenas pelos 10 dias de uso, e não pelo valor total do mês.

Com a ajuda da regra de três, dividimos o valor mensal pelo total de dias do período (50/30) e multiplicamos o número obtido pelos dias cobrados (1,66×10), chegando ao total de R$ 16,66. Esse será o valor a ser cobrado do cliente pela utilização da assinatura neste mês.

Quais são as vantagens desse sistema?

A cobrança pro rata é interessante para os clientes, que pagam apenas pelo serviço prestado, tornando assim a relação de consumo muito mais honesta e transparente.

Quando a empresa viabiliza a cobrança sob esse modelo, melhora a relação com o consumidor e pode levar ao fortalecimento da imagem no mercado, com esse método contando como ponto positivo diante da concorrência e ganhando a preferência do cliente.

Como é possível automatizar o cálculo do pro rata?

Aplicar o pro rata para todos os clientes pode ser trabalhoso e tomar muito tempo do empresário. Afinal, esse conceito também é usado para calcular os juros das faturas em atraso, o que acontece com certa frequência na oferta de qualquer tipo de serviço.

Para poupar esse tempo e garantir que os cálculos sejam feitos com exatidão, evitando problemas maiores com os clientes, vale a pena investir em um software capaz de fazer o cálculo do pro rata de maneira automática, inserindo o valor diretamente na fatura.

O uso desse tipo de ferramenta desonera o setor financeiro da empresa e estabelece uma relação de maior confiança com os clientes, evitando erros comuns que ocorrem quando o cálculo é feito por pessoas, além de aumentar a credibilidade da corporação.

Agora que você já sabe o que é pro rata, como ele é calculado e como influencia na relação entre cliente e empresa, vale a pena pensar em oferecer esse modelo de cobrança na sua empresa e, principalmente, automatizar o cálculo desse valor para otimizar e garantir a precisão dessas informações.

Aproveite para compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e ajudar para que mais pessoas tenham acesso a essas informações!

planilha controle de recebimentosPowered by Rock Convert

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.