como criar um clube de assinaturas

Confira o passo a passo definitivo de como criar um clube de assinaturas

webserie Economia da recorrênciaPowered by Rock Convert

Se você tem alma empreendedora, saber como criar um clube de assinaturas pode ajudar a definir o empreendimento próprio e transformá-lo em uma referência de mercado. Cada vez mais percebemos um favoritismo por esse modelo de negócio.

Observar as tendências é fundamental para dar passos acertados, e o clube de assinaturas está em um lugar privilegiado na preferência de quem deseja oferecer produtos ou serviços e investir em um negócio que pode ser recorrente e rentável.

Neste post você vai saber o que é e como funciona um clube de assinaturas, quais são as vantagens desse modelo de negócios e o passo a passo de como criar um clube de assinaturas e ser bem-sucedido!

O que é um clube de assinatura?

Se você gosta de músicas ou é um aficionado pelo entretenimento televisivo vai entender o que é um modelo por assinaturas quando citarmos o Spotify, serviço de streaming de música, e a Netflix, a campeã de provimento de filmes e séries.

Ambas têm em comum o fato de os clientes terem acesso a seus produtos por meio de uma assinatura que pode ser mensal, trimestral, semestral e até anual. O valor da assinatura determina o tipo e a quantidade de produto ou conteúdo disponível ao cliente.

O modelo de recorrência, ou seja, de vínculo contínuo, só cessa quando uma das partes decide rescindir o contrato — desistência do cliente ou extinção do clube. Há modelos variados de clubes e os mais conhecidos são os de vinhos, cervejas artesanais, produtos de beleza, chás, livros, produtos pets e serviços de tecnologia, além dos que já citamos.

No clube de assinaturas, o cliente paga a mensalidade e recebe a prestação de um serviço por um período determinado ou uma quantidade de produtos conforme o previsto em contrato. Tudo isso em sistema de pagamento que pode se dar por cartão de créditoboleto bancário ou débito em conta.

Quais as vantagens do clube de assinatura?

Um dos principais benefícios de ter um clube de assinaturas é desenvolver uma relação com o cliente que promova a fidelização e a recorrência da receita, pois, com bons serviços e produtos, a tendência é que ele permaneça vinculado à sua loja por um tempo longo.

Dessa forma, além de ser possível mensurar o faturamento com maior segurança, é possível também aplicar os indicadores de desempenho e acompanhar os resultados em tempo real ou por um período prospectado.

Algumas métricas, como o Lifetime Value (que mede o valor de cada cliente) e o Churn Rate (cancelamento do cliente), são essenciais e dão à gestão elementos consistentes para adotar a melhor estratégia de captação ou retenção de clientes.

Para quem atua com venda de produtos, um dos gerenciamentos mais complexos de um negócio é o do estoque — entrada, saída, produtos com baixa ou alta rotatividade, investimento parado.

Em um sistema comum, a venda de produtos acontece pontualmente, sem previsibilidade do tipo de produto e a quantidade que será vendida em um período. Já no modelo de assinatura será possível prever o estoque, fazer a separação por cliente — o que inclusive facilita a saída e o envio — e acompanhar o desempenho de vendas por item.

Qual o passo a passo para criar um clube de assinaturas?

O sucesso de um negócio pode ser resultante das tendências de mercado e preferências do consumidor. No entanto, promover ações de dentro para fora e contar com um planejamento consistente também faz diferença para a gestão e inspira confiança no cliente.

guia completo do pagamento recorrentePowered by Rock Convert

Veja agora o passo a passo que você pode seguir para criar um clube de assinaturas!

Entenda se o produto ou serviço é adequado a um clube de compras

Nem sempre um produto com boas vendas ou um serviço com caráter essencial são as melhores opções para compor um clube de assinaturas, pois, não têm características ou suporte para esse tipo de negócio.

Avaliar o volume de procura e de necessidade dos consumidores vai ajudar você compreender o que é válido para ser transformado em um modelo de fornecimento contínuo e pagamento recorrente com direito ao uso ou aquisição periódicos.

Defina planos e preços

Normalmente, um clube de assinaturas monta pacotes e planos com preços variados para atender aos públicos com perfil e poder aquisitivo diferentes. Muitos consumidores começam por um plano básico para sentir se gostarão do formato e depois, aumentam gradativamente até chegar ao modelo completo.

Defina os planos e os preços correspondentes, inclua cada um deles na base de dados e deixe o cliente à vontade para escolher o que julgar mais apropriado para o momento. A excelência dos produtos ou serviços naturalmente criará o desejo de avanço — invista em qualidade.

Pense no público-alvo

Quem será o seu assinante? Do que ele gosta? Como realiza as suas compras? Qual a forma de pagamento mais utilizada? — perguntas simples que auxiliam a definição, a formação do público-alvo e o planejamento de ações direcionadas exclusivamente para um perfil que realmente seja passível de aumentar a taxa de conversão.

Conte com uma plataforma de pagamento eficiente

O pagamento por recorrência — modelo em que se enquadra o clube de assinaturas — é uma boa opção para o cliente que deseja garantir o acesso a um serviço ou o recebimento de um produto. Mas para autorizar a cobrança mensal utilizando dados pessoais, ele precisa se sentir seguro.

Como a maioria das assinaturas são efetivadas pela internet, em ambiente totalmente online, é fundamental ter uma plataforma que ofereça condições para isso. Em nenhum momento o cliente pode ter dúvidas ou motivos para desistir da assinatura por não sentir confiança no checkout e nas cobranças recorrentes.

A plataforma deve ser transparente e intuitiva em cada etapa do procedimento de pagamento, mostrando ao cliente as funcionalidades disponíveis sem deixar margem para a insegurança.

Ao disponibilizar diversas formas de pagamento é importante que o cliente saiba que pode quitar a mensalidade tanto por cartão de crédito, boleto ou débito em conta e receber o mesmo atendimento.

Busque uma plataforma intermediadora de pagamento online, que promove a conexão entre o clube, os assinantes, os bancos e as operadoras de cartão de forma integrada utilizando APIs de pagamentos seguros. Veja alguns dos serviços que a plataforma precisa oferecer:

  • criar planos de assinaturas e mensalidades baseados em ciclos de tempo ou em créditos;
  • oferecer uma periodicidade para cada plano com valores e formas de pagamento disponíveis;
  • permitir ao seu cliente incluir itens avulsos em uma assinatura e gere uma única fatura para esse pagamento;
  • oferecer um período gratuito de experimento aos prospects;
  • formular estratégias de cobranças com objetivo de reduzir a taxa de inadimplência;
  • flexibilizar para o assinante — mudar o plano de assinatura, com cobrança proporcional.

Você aprendeu como criar um clube de assinaturas? É um modelo que pode ser um sucesso se você considerar as dicas que trouxemos neste texto e cuidar para que todos os processos sejam executados com excelência.

Se você curtiu este post e já sabe como criar um clube de assinaturas com modelo de pagamento por recorrência, vai precisar de uma excelente plataforma intermediadora de pagamento. Entre em contato conosco e saiba como!

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.