Receba conteúdos e novidades da iugu

Hoje em dia, a taxa de inadimplência é um dos indicadores que mais preocupam os empresários no Brasil. Afinal, de acordo com o CNDL, mais de 60 mil brasileiros estavam com alguma conta em atraso no início de 2018.

Se o “nome sujo” é um problema de crédito para os cidadãos, para as empresas pode ser sinal de prejuízo. Em casos de receitas recorrentes, a questão é ainda mais grave. O valor que deixa de entrar no financeiro pode afetar o pagamento de fornecedores e, até mesmo, a compra de materiais para a produção.

Portanto, é essencial que os gestores se preocupem com essa questão e elaborem estratégias para impedir o surgimento de inadimplentes e reduzir a quantidade daqueles que porventura não conseguiram ser evitados.

Neste texto, vamos dar dicas para as duas situações e ajudar sua empresa a controlar de uma vez por todas esse problema. Confira!

Dicas para evitar o surgimento de inadimplentes

A primeira atitude que sua empresa pode tomar para reduzir a taxa de inadimplência é a prevenção. Ou seja, adotar medidas que evitem que os clientes deixem de realizar os pagamentos em dia. A seguir, vamos conferir algumas dicas importantes. Acompanhe!

Faça uma criteriosa análise de crédito

A nossa primeira dica é uma velha conhecida de todo mundo. A análise de crédito ainda é uma das formas mais seguras de prevenir a inadimplência. Afinal, se a pessoa já consta como devedora em outro estabelecimento, as chances de que ela cometa a mesma infração com a sua empresa são maiores.

Uma análise bem-feita deve considerar alguns fatores essenciais:

  • situação do CPF junto aos órgãos de proteção ao crédito;
  • histórico de compras, caso já seja um cliente antigo;
  • renda mensal.

Diante dessas informações, é possível identificar duas tendências principais. A primeira com relação à intenção de pagar. Sendo assim, uma pessoa que tem o nome “limpo” e um histórico de pagamentos em dia demonstra uma predisposição para seguir nessa linha.

A segunda está relacionada com a capacidade de pagamento. Ou seja, a pessoa realmente tem condições financeiras de adquirir o seu produto ou serviço. Essa dica é ainda mais importante se a sua empresa costuma oferecer meios de pagamento diferentes do on-line, tais como parcelamentos via boleto bancário, carnê (próprio ou de financeiras) e cheques.

Valorize os bons pagadores

A valorização dos bons pagadores é uma estratégia muito poderosa para evitar a inadimplência. O recurso mais utilizado é o desconto para o pagamento em dia. Dessa forma, o cliente é estimulado a cumprir com a data estipulada.

Outra forma de agradá-lo é oferecendo um cupom de desconto para as próximas compras. Assim, além de estimular o pagamento em dia reduzindo a taxa de inadimplência, você ainda encoraja uma nova venda.

Facilite o acesso dos clientes

Muitos casos de atrasos em pagamentos se dão por motivos simples. Um deles, bastante recorrente, é o não recebimento do boleto. Isso pode acontecer por inúmeros fatores, desde uma greve dos Correios até uma mudança de endereço por parte do cliente. Independentemente do motivo, é preciso oferecer uma alternativa.

A forma mais simples de resolver esse problema é fazendo o envio eletrônico da fatura. Ele pode ser realizado tanto por e-mail quanto por SMS, enviando o código de barras. Porém, o ideal é que o próprio cliente tenha acesso a um portal no qual ele acompanhe seus vencimentos e emita os boletos que deseja pagar.

Dicas para reduzir a taxa de inadimplência

Mesmo tomando todos os cuidados que mencionamos, imprevistos acontecem e inadimplentes podem surgir. Por isso, é preciso estar preparado para minimizar o impacto das dívidas em seu financeiro. Além do mais, faz-se necessário tomar atitudes para conseguir receber esses valores, mesmo que em atraso. Abaixo, veja algumas dicas em relação a isso.

Tenha o controle dos devedores

O primeiro ponto é fazer a gestão dos devedores. Sua empresa precisa saber exatamente quantos são, quem são e qual é o valor que cada um deve. Assim, torna-se viável elaborar uma estratégia de cobrança mais efetiva.

É muito importante não deixar que as dívidas perdurem por muito tempo. Nos primeiros dias, muitos boletos não são pagos por esquecimento ou pequenos atrasos. Portanto, logo que uma entrada não for identificada, o cliente deve ser acionado.

Esteja pronto para acordos

Algumas dívidas podem se arrastar por meses e crescer como uma grande bola de neve. Nesses casos, nem sempre o cliente tem condições de quitar o valor integral depois de acrescidos os juros. Sendo assim, você precisa estar disposto a negociar.

Por mais que sua empresa não receba todo o valor esperado, um acordo financeiro pode proporcionar dois benefícios importantes:

  1. redução do prejuízo, diminuindo o impacto negativo nas contas da empresa;
  2. doutrinamento do cliente, que não se sentirá impune ao atrasar seus pagamentos.

Automatize os processos

A automação dos processos pode ajudar, até mesmo, na fase de prevenção das dívidas. Por meio de um sistema integrado, é possível enviar alertas de vencimento para evitar os pequenos atrasos por esquecimento, por exemplo. Além disso, esse sistema pode ser programado para enviar avisos em outras situações importantes, tais como:

  • vencimento (antes e no dia);
  • atraso (no primeiro dia e em intervalos pré-determinados);
  • suspensão de serviço;
  • envio do nome aos serviços de proteção.

Dessa forma, o cliente será avisado à medida que a situação da dívida dele se agrava. Isso ajuda a criar um senso de urgência e diminuir a taxa de inadimplência.

Contrate um serviço de cobranças

Se você tem muitos clientes e não possui uma equipe financeira robusta, o ideal é contratar um serviço especializado. Essa atitude ajuda sua empresa a focar em sua expertise e deixar que esses assuntos sejam resolvidos por quem tem mais capacidade técnica e experiência no mercado.

Enfim, diminuir a taxa de inadimplência não é uma tarefa fácil. Mas, seguindo as dicas deste artigo, você perceberá as dívidas de clientes diminuírem consideravelmente. Então, agora é aplicar esse conhecimento e desfrutar dos resultados!

Se você gostou deste texto, aproveite e se aprofunde um pouco mais conhecendo 7 benefícios da automação de processos para a sua empresa. Boa leitura!

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio
Painel de controleContato comercialSeja um parceiro
Produto
CobrançasMarketplacePlanos
Informações
DocumentaçãoCentral do desenvolvedorAjuda e suporteBlogStatus do serviço
closefacebook-squarelinkedin-squaretwitterbarsinstagram