Receba conteúdos e novidades da iugu

Este é um artigo completo que vai nortear você quanto às formas de pagamento — cartão de crédito, boleto bancário e débito em conta — e como utilizar cada uma delas em seu negócio online, favorecendo a experiência de compras do consumidor ao dar a ele a liberdade e a variedade de escolha na hora de efetivar a sua aquisição.

Já sabemos que a tecnologia está cada vez mais inovadora e oferecendo uma gama de possibilidades tanto para quem vende, quanto para quem compra, acompanhando as tendências e o comportamento do consumidor, além de favorecer o planejamento financeiro da loja.

Vamos, aqui, fornecer a você, empreendedor, elementos suficientes para criar um serviço interativo, demonstrando ao consumidor a seriedade e segurança com que a sua loja virtual atua no mercado.

Importância de ter vários meios de pagamento

Há um movimento crescente para cada vez mais se efetivarem as compras de forma online, o que esbarra ainda na desconfiança que o consumidor tem em inserir seus dados pessoais nas plataformas.

A economia da recorrência incentiva e fortalece a ideia do pagamento periódico para obter produtos ou serviços em longo prazo de forma continuada, até que o encerramento seja determinado por uma das partes por razões diversas. Enquanto não houver discordância ou inadimplência, o que foi ofertado permanece ativo e disponível para o consumidor contratante.

Disponibilizar mais de um meio de pagamento abre o início da fidelização, pois, se o consumidor encontra no site um produto que deseja, mas desconhece a idoneidade da sua loja, poderá, por exemplo, optar pela emissão de um boleto, evoluindo para o cartão de crédito em uma próxima compra.

Formas de pagamento mais comuns

Cartão de crédito

O cartão de crédito oferece segurança nas transações e conforto para o usuário, e por isso tornou-se uma das formas de pagamento mais requisitadas e bem-aceitas no mercado, o que vale para lojas físicas e virtuais.

Para o comércio online, o pagamento via cartão de crédito tem uma funcionalidade prática e eficiente. O reconhecimento da compra pelo sistema de pagamento proporciona agilidade ao processo do consumidor e aloca os valores corretamente para o fornecedor.

Ao adotar essa forma de pagamento em sua loja virtual, você precisará de uma ferramenta que interaja com diversas frentes financeiras e integre todos os processos, o que só pode ser realizado por um software com as funcionalidades exigidas.

Mais à frente, vamos explicar as características de cada um, mas existem dois meios eficientes que podem ser contratados para dar o suporte de que o seu negócio precisa — gateway de pagamento e intermediador de pagamento.

Eles, com particularidades de funcionamento, permitirão que os valores referentes ao pagamento por cartão sejam computados corretamente, garantindo o recebimento, a confiabilidade das informações e a segurança de todas as transações.

O cartão de crédito minimiza os riscos de inadimplência, uma vez que, ao efetivar a compra, o consumidor estará assumindo a dívida e se comprometendo a pagar junto ao banco gerador da fatura, que, por sua vez, assume o risco e procede com a cobrança, caso o usuário atrase ou deixe de efetuar o pagamento.

Embora haja um prazo no repasse pelos bancos — caso você queira adiantar as parcelas, terá que pagar uma tarifa correspondente ao serviço —, o recebimento de compras parceladas ou à vista é dado como certo pelas instituições financeiras.

Com um sistema bem integrado, independentemente do valor que o consumidor pretende desembolsar, os bancos e operadoras retornam rapidamente autorizando ou não a continuidade da transação, permitindo o prosseguimento da venda sem muitas burocracias.

As taxas cobradas para gerir o serviço variam de acordo com os bancos e operadoras em relação à performance de vendas — montante estimado de receitas, tipos de pagamentos, aluguel ou compra de maquininha, parcelamento ou pagamento à vista.

Como se trata de um processo cíclico, a sua empresa pode demorar até 30 dias para receber os valores referentes às vendas realizadas dentro do seu site, pois eles percorrerão diversos caminhos até chegarem à sua base financeira, dependendo do contrato com a operadora e das cláusulas correspondentes aos prazos de repasse.

Sendo assim, o consumidor pagará, a operadora e o banco farão a autorização e, no prazo estabelecido, o banco fará o crédito na conta determinada pela sua empresa.

Boleto bancário

Mesmo com as facilidades do cartão de crédito, há consumidores impossibilitados de constituir um cartão com limites diferenciados, seja por nome negativado no mercado, seja pela falta de histórico de crédito. Por isso, muitos ainda fazem a opção pelo boleto bancário.

Outros têm preferência por gerar o boleto, solicitar o envio por e-mail e ter um prazo para pagamento, permitindo maior controle das despesas em andamento. Os boletos oferecem flexibilidade para a sua empresa ao permitir o sistema de envio por e-mail, além de criar um mailing para abordagens futuras.

Em serviços de recorrência — aqueles fornecidos periodicamente ao consumidor —, a geração do boleto pode ser automática de acordo com a data estabelecida no ato da contratação, facilitando a vida e a memória do cliente, mas há um risco maior de inadimplência comparando com cobranças realizadas diretamente no cartão de crédito.

Os boletos são a segunda opção mais procurada pelos consumidores e favorecem as pessoas que não possuem conta bancária ou cartão de crédito, mas desejam realizar suas compras online por encontrarem vantagens como comodidade, ausência de filas e valores mais acessíveis que nas lojas físicas.

A cobrança por boleto pode estar vinculada ao mesmo banco prestador de serviços do cartão de crédito e também à mesma empresa de software de sistema de pagamento. Com soluções, processos e taxas diferentes, é possível parametrizar a plataforma para entender que tipo de pagamento está sendo solicitado.

Uma desvantagem do boleto muitas vezes é a falta de compromisso do consumidor com a compra efetiva, pois, ao colocar a mercadoria no carrinho e optar pelo boleto, a venda precisa aguardar a comprovação do pagamento para só então liberar a entrega. O reflexo financeiro no saldo da sua empresa ficará flutuante e dependente.

Se o consumidor desistir da compra, ele simplesmente deixará de pagar o boleto e o carrinho ficará à deriva até que expire o prazo final. Você somente terá notícias do consumidor quando ele tornar a entrar em sua loja para efetuar uma nova compra.

Débito em conta

Há uma terceira e menos utilizada opção que é a de débito em conta. Muitos consumidores se valem desse recurso quando têm a certeza da recorrência e não desejam ter a preocupação com a lembrança de um pagamento ou comprometimento do valor no limite do cartão de crédito.

Já sabem que o débito vai acontecer e preferem manter a previsão na conta bancária e assim evitar as filas em lotéricas e bancos ou até mesmo o esquecimento e posterior pagamento de juros e multas.

Benefícios de cada forma de receber pagamentos

Cartão de crédito

Essa forma de pagamento permite à sua empresa negociar com as instituições financeiras o adiantamento dos pagamentos parcelados pelos consumidores. Para isso, bastará definir a tarifa referente à antecipação, e o banco correspondente assumirá todo o risco da inadimplência.

A contratação de uma empresa de software responsável pela gestão do recebimento por cartão de crédito já contempla todas as despesas correspondentes, o que abre vantagem sobre o boleto bancário e a cobrança adicional por cada geração solicitada.

A mão de obra empregada para controlar os pagamentos é reduzida, pois as chances de fraudes e erros na gestão financeira são consideravelmente reduzidas. Há uma segurança generalizada nas transações por cartão de crédito que facilita o dia a dia, gerando processos quase que automáticos.

Outra vantagem que o uso do cartão de crédito traz é conhecer o perfil do consumidor e todo o comportamento de compras na sua loja, abrindo possibilidades para tratamento diferenciado e ofertas específicas.

Ao efetuar um pagamento por meio do cartão de crédito, o consumidor deixa rastros sobre suas preferências, e isso deve valer como estratégia para mapear seus desejos e formatar as abordagens futuras.

Se um consumidor demonstra interesse por um determinado produto em sua loja, chegando a efetuar a compra, você poderá criar um mecanismo para apresentar a ele as ofertas similares e complementares na próxima vez em que ele fizer o acesso, sugerindo um combo de compras.

Boleto bancário

Mesmo que haja um medo crescente de o consumidor não realizar o pagamento do boleto, você deve levar em consideração as vantagens de contar com essa forma de pagamento e oferecê-la como opção ao consumidor.

Os custos de operação são bem mais baixos que os praticados pelas operadoras de cartão de crédito, e os bancos costumam oferecer descontos às empresas que aderem a essa solução, para aumentar as possibilidades de oferta.

Débito em conta

O débito em conta permite que o valor pago pelo cliente seja creditado diretamente na conta da sua empresa, garantindo uma receita mais rápida e sem muitos intermediadores. Não há riscos de inadimplência, pois, ao contratar um serviço de recorrência, o consumidor estará de acordo com as cláusulas do contrato, inclusive com a autorização de débito em conta, se essa for a sua vontade.

Como escolher o melhor meio de pagamento?

As formas de pagamento devem ser analisadas uma a uma com entendimento dos critérios em totalidade para promover uma gestão financeira eficiente e que atenda às necessidades do seu negócio.

Não adianta ofertar ao consumidor uma solução que não seja viável e que vá gerar prejuízos e transtornos, impactando os resultados e a saúde financeira do seu negócio. A premissa básica é de que a oferta precisa ser boa e favorável para ambos os lados.

Por isso, é fundamental entender o desejo, o comportamento de compras e as expectativas do consumidor, para oferecer serviços seguros e de qualidade que vão ao encontro das necessidades que ele impõe em sua busca.

Lembra que falamos, no início deste post, sobre gateway de pagamento e intermediador de pagamento? Agora vamos explicar como funcionam para dar maior embasamento à sua decisão.

Ambas as soluções são eficientes e só você saberá, depois de entender como elas funcionam, o que se aplica ao seu negócio e como se darão a adequação e a integração. O importante é saber que são soluções de automação prontas a atender a sua empresa com total eficiência. Confira!

Gateway de pagamento

O gateway de pagamento é a ferramenta responsável por conectar sua loja aos agentes financeiros, como bancos e operadoras de cartão de crédito, realizando o recebimento e o repasse financeiro.

Para operar um gateway é necessário realizar contratos (inclusive com instituições financeiras) e integrações, além de interagir com a adquirente - que conecta com emissor e prossegue para concluir a transação.

Intermediador de pagamento

Os intermediadores de pagamento, ou subadiquirentes, são ferramentas independentes que interligam clientes, adquirentes e lojistas. A cobrança dos serviços do intermediador pode ser feita por uma tarifa de integração do meio de pagamento ao seu e-commerce, mais uma taxa por cada transação aprovada dentro da loja.

Com um intermediador de pagamentos, não existe a necessidade de fazer inúmeros contratos e integrações para começar a operar, como no caso do gateway de pagamento. Com um simples cadastro na plataforma, já é possível colocar o sistema para funcionar,

A avaliação sobre a contratação está condicionada ao volume de vendas da sua loja e aos riscos que você deseja e pode correr em relação às ações de pessoas mal-intencionadas, além da disponibilidade de tempo e mão de obra para gerir todo o processo.

Quais as diferenças para e-commerces?

Escolha formas de pagamento que permitam um checkout transparente, ou seja, a efetivação do pagamento precisa ser tão ou mais agradável que a visita do consumidor pela loja e preenchimento do carrinho para as compras.

O pagamento é a concretização da satisfação com os produtos ofertados e deve ser concluído com o sentimento de prazer, segurança e vantagem. Assim, quando o produto for entregue no tempo prometido no ato da compra e o consumidor desejar mais alguma aquisição, terá na lembrança a experiência vivenciada em sua loja.

Reforçando, a melhor forma de pagamento a ser adotada pela sua empresa é a que tiver adequação e funcionamento em harmonia com as expectativas geradas durante o planejamento de abertura do negócio.

Como fazer a cobrança?

Para fazer uma gestão de cobrança eficiente, tenha em mente que é preciso oferecer boas condições de pagamento, com controle adequado, para não transferir ao consumidor uma ideia de desorganização e má-fé.

Entenda o comportamento do consumidor e ofereça possibilidades de acordo com o perfil e forma de pagamento escolhida. Receba bem o cliente em seu primeiro acesso e crie uma comunicação direta e esclarecedora sobre as condições diferenciadas para cada tipo de pagamento.

Classifique os clientes e personalize o perfil, concedendo a flexibilidade para escolha da data de vencimento, se por cartão de crédito, boleto ou débito em conta, integrando os departamentos para facilitar a identificação e liberação para entrega.

Tudo isso pode ser feito via API, que agiliza o processamento de dados, pois define o conjunto de regras e instruções padronizadas para receber todo e qualquer sistema de pagamento online, bem como os serviços agregados para otimizar e facilitar a jornada diária, atuando, inclusive, como fator motivacional sobre funcionários sobrecarregados.

Aqui, vale também explicar as funcionalidades do Split de pagamentos se você possui um marketplace, que tem como característica a disponibilização de produtos e serviços de diversos fornecedores. Ao Split cabe a função de realizar a divisão do valor das vendas (comissionamento) resultantes entre os fornecedores envolvidos e reter o percentual de comissão para a sua loja.

Por que contratar uma plataforma de gestão de pagamentos online?

Essa é uma pergunta fácil de responder para quem deseja atuar em um mercado online competitivo e cada vez mais atualizado com praticidade e, principalmente, segurança dos processos e alocação financeira adequada.

A tecnologia apresenta soluções novas a todo momento, e se você deseja sair em disparada para ocupar um lugar privilegiado, abarcando o máximo possível de consumidores do seu segmento, deverá promover um encontro entre os seus processos e o avanço tecnológico.

Você precisará entender os motivos de existência da sua empresa e aonde deseja chegar com o seu negócio. Feito isso, determinará a prospecção de ganhos para formular estratégias de abordagem ao consumidor com foco nas conversões.

Implementar uma plataforma de pagamento online oferece ao negócio uma maior seriedade e credibilidade, despertando no consumidor a curiosidade de conhecer os produtos da sua loja e as facilidades de operacionalização durante o checkout.

Contar com um sistema integrado permitirá que um gerenciamento sistemático das informações produzidas seja realizado pela equipe e que os dados dos clientes, assim como das suas vendas, não se percam com o passar do tempo.

Um bom sistema de automação de pagamentos online se ampara na gestão financeira com foco na economia e na cobrança recorrente e permite a geração de boletos registrados, acompanhamento e baixa das faturas pagas, recebimento automático de parcelas do cartão, além de relatórios sobre a movimentação de períodos personalizados.

Há funcionalidades importantes que você deve considerar antes de se decidir por uma contratação. Opte por um fornecedor com expertise no mercado e que disponibilize uma plataforma interativa e que faça uma boa integração entre os setores envolvidos. Para isso, observe alguns detalhes:

  • checkout transparente: etapa de finalização da compra que deve ser prática, ágil, transparente e dentro da loja;
  • boleto registrado: emissão de boletos registrados para otimizar a compensação e liberar a compra mais rapidamente;
  • flexibilidade de parcelamento: a plataforma deve dar à sua empresa a autonomia para definir o número de parcelas de pagamento para o consumidor;
  • compra em um clique: quando o sistema permite a criptografia e salvamento dos dados do cartão no site da loja virtual;
  • cartão de crédito: bandeiras com opções de pagamento nacionais e internacionais devem ser aceitas sem burocracia;
  • multas e juros: cálculo automático de juros e multas por critérios estabelecidos depois da data de vencimento;
  • notificação de pagamento: ser alertado em todos os pagamentos efetuados pelos consumidores;
  • desconto em faturas: ativação automática de políticas de descontos para clientes VIP — bons pagadores e com histórico quantitativo de compras dentro da loja.

Ter a certeza de contar com um suporte adequado é um fator que deve pesar na sua decisão de contratar uma empresa de software de gestão de pagamento online.

Quando dizemos adequado, não estamos falando de algumas dúvidas surgidas eventualmente, mas de apresentação de soluções efetivas para problemas críticos, que envolvam a satisfação do consumidor em seu processo de compras e o funcionamento sem gargalos dos seus departamentos de vendas e atenção ao cliente.

Você e sua empresa vão precisar de um parceiro que disponibilize profissionais de alto nível, com habilidades e competência para prestar a consultoria necessária e mapear cada etapa de vendas da sua loja, conectando aos serviços de forma a fazer a amarração que deságua em excelência de atendimento ao cliente.

Perceba que um sistema de automação para pagamento online, por meio do qual será possível receber pagamentos via cartão de crédito, boleto e débito em conta, faz parte de um conjunto ainda maior de ações estratégicas para abrir vantagem competitiva em um cenário de disputa cada vez mais acirrada.

A empresa que se prepara e busca boas alternativas e solução para melhor atender ao cliente terá como prêmio a fidelização e o respeito de um consumidor que, embora exigente e volúvel, sabe quando um fornecedor se esmera para oferecer a melhor experiência de compras.

Você gostou de conhecer as diferentes formas de pagamento e como elas podem ser importantes para a sua empresa? Então fale com um consultor iugu e conheça mais as opções que podemos oferecer para o seu negócio, para ajudar suas vendas a decolar!

Fale hoje com um especialista iugu e entenda como podemos ajudar a potencializar o seu negócio
Painel de controleContato comercialSeja um parceiro
Produto
CobrançasMarketplacePlanos
Informações
DocumentaçãoCentral do desenvolvedorAjuda e suporteBlogStatus do serviço
closefacebook-squarelinkedin-squaretwitterbarsinstagram